"Mantenha seus valores positivos, porque seus valores... Tornam-se seu destino" - Gandhi


Dois amigos entraram para trabalhar em uma empresa na mesma época e no mesmo setor. A empresa era muito grande e desde o início enxergaram oportunidades de ascensão profissional. Um deles que era otimista, descobriu logo o cargo que pretendia alcançar. Criou um objetivo para 3 anos e começou a trabalhar com afinco, esperando que o universo conspirasse ao seu favor e lhe oferecesse a oportunidade.

Ele não tinha nada de especial, não era bom comunicador, não conhecia técnicas de vendas e muito menos possuía desprendimento social. Mas trabalhava com confiança que o futuro lhe reservava o melhor. Nunca reclamou do trabalho, do chefe ou da empresa. Oferecia aos clientes os produtos da empresa, fechava negócios e falava de forma positiva. Suas vendas começaram a ser destaque, contribuía para o resultado da empresa e seu trabalho começava a chamar a atenção dos seus superiores.

Logo surgiu a primeira oportunidade de ascensão profissional e ele foi o escolhido. Na nova função manteve o ânimo em trabalhar com dedicação nunca reclamando quando havia excesso de trabalho e continuava a aprender tudo sobre a empresa.

Em pouco tempo surge uma nova oportunidade de ascensão e facilmente foi o escolhido, e para sua felicidade, dentro de poucos meses a terceira porta se abre, agora era o cargo que almejava desde o início. Era o universo entregando a seu tempo o que havia buscado.

O segundo homem, vendo a ascensão do primeiro, pediu para ser transferido para outro setor da empresa em outra cidade, bem longe do amigo. Achava muito injusto não ter sido escolhido, afinal, ele tinha o mesmo tempo de casa. Os dois amigos trabalhando agora em lugares distantes, perderam o contato um com o outro.

Certo dia o homem otimista, que agora estava em um posto elevado dentro da empresa, resolveu ir visitar seu o amigo e ver como estava se saindo e pensando em ajuda-lo a crescer dentro da empresa. Ligou para ele e convidou para almoçar juntos e relembrar os velhos tempos.

Chegaram ao restaurante e depois de um abraço começaram a conversar. O homem otimista queria saber como andava a vida do amigo que há muito não via.

- Faz muito tempo que não nos vemos, temos que se encontrar mais vezes. Como está indo sua vida?

O que respondeu o amigo pessimista.

- Está tudo do mesmo jeito, a empresa continua sacaniando. Não dá oportunidades para crescer. Quem cresce é porque tem QI, alguém para indica. Nada muda e estamos sempre no mesmo lugar.

O homem otimista acostumado com a maneira do amigo de sempre reclamar de tudo e se colocar em posição de vítima, continuou a conversa, tentando se convencer que ele seria uma boa escolha para um novo cargo que a empresa estava criando.

Soube que trocou de chefe lá no setor que você trabalha. Como ele está se saindo?

Respondeu o amigo pessimista com cara de quem não havia gostado muito da mudança.

-Nada mudou! Sai um entra outro e é a mesma coisa, aquela cobrança por metas! Querem que a gente venda para pessoas que sei que não querem comprar nada. O salário continua muito baixo e ainda para piorar essa crise que está começando. Não sei o que vai dar, é inflação nas alturas, políticos roubando e desemprego em alta. Os produtos não estão saindo da prateleira, clientes estão insatisfeitos e Isso não vai acabar bem! Desta vez a vaca vai para o brejo.

O amigo paciente tenta encontrar algo de bom para continuarem a conversa.

- Fiquei sabendo que você havia começado a fazer uma faculdade. Isso é muito bom para carreira. Logo alguém vai perceber que você está se preparando e você poderá ascender profissionalmente. Quem sabe não esteja na sua vez de assumir um novo cargo?

O pessimista logo tira o ânimo do amigo com mais um pouco de pessimismo.

Comecei a fazer uma faculdade, mas logo vi que seria perda de tempo e tranquei no primeiro semestre. Não adianta, sem QI, não temos chance de ascensão. Isso é coisa para quem é amigo dos homens lá de cima, aquela diretoria que não faz nada o dia inteiro e ainda acham que sabem a melhor estratégias para a empresa. A empresa Cresceu durante todo esse tempo, porque nos matamos de trabalhar e a diretoria leva a fama de bons estrategistas e de fazerem o negócio crescer. Sem contar no salário. Aquilo sim é salario! Eu nem queria um cargo desses, pois sou honesto e não queria fazer parte de uma diretoria que só pensa em seu bolso. Queria somente o salário deles.

Mas e a participação nos lucros deste ano foi muito bom, não acha?

Tentou novamente amigo querendo ajudar.

- Que nada, já estava toda comprometida no cartão de crédito, nem vi a cor do dinheiro. Minha mulher e meus filhos não sabem economizar e quem paga sou eu que fico aguentando chefe me cobrando toda hora. Parece que não sabe que os clientes não querem comprar nada nessa crise. Bem que meu pai já falava, esse pais não vai pra frente.

-Mas você já tentou chegar à posição de chefe? Ai é você que vai cobrar vendas em vez de ser cobrado pelas elas?

– Sempre quis ser chefe, mas nunca tive oportunidade. Acho que não estou preparado. A responsabilidade de lidar com todo aquele povo do setor não é fácil. Se um dia eu conseguisse uma promoção, acho que preferia um trabalho que não precisasse lidar com gente.

Então o otimista esperando que o amigo se convencesse que trabalhava em uma ótima empresa e que deveria ver a parte boa das coisas, buscou pela última vez ajudar.

- Amigo, nos conhecemos a uns 10 anos, e sempre vejo você falar como se o mundo estaria um caos e que nada tinha jeito, mas se passaram todos esses anos e não vi nada de tão ruim acontecer. Você tem que ver as coisas boas e quando começar a ver essas coisas às portas vão se abrir para você. A empresa que trabalhamos oferece muitas oportunidades de ascensão e quando somos promovidos tudo vai melhorando. Porque melhorando uma área de nossa vida, as outras são influenciadas e melhoram também. Talvez tenha uma oportunidade bem a sua frente!

O que retrucou o pessimista.

- Que nada amigo, não tem nada de bom para se ver. Posso olhar por todos os lados e só vejo problemas, nada muda. Veja só nós dois! Fazem 10 anos que a gente se conhece e nada mudou em nossas vidas.


Aponte a câmera

e veja nossos contatos

© 2017 GFalcão

Consutoria em TI. Todos os direitos reservados.

Uberaba/MG - Brasil

  • LinkedIn Gilvan
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon