Dificilmente você terá uma 2º chance para causar uma 1º impressão


Joaquim sempre foi aquele vendedor de oportunidades, observador, que conseguia vender até geladeira para esquimó, se precisasse. Não fazia muito esforço em se qualificar, pois acreditava fielmente que vendedor bom era aquele que já nascia entendendo de vendas.

No entanto, apesar de seu grande talento, era um homem com uma condição financeira inferior as suas capacidades, e cansado de ver seu esforço ser insuficiente, tempos difíceis, resolveu procurar emprego como representante comercial de uma empresa, aceitou o desafio de mudar complemente de visão, uma vez que tinha sido apenas vendedor autônomo.

Em seu primeiro dia, Joaquim não sabia o que fazer, estava ansioso, mas foi se acalmando enquanto pegava sua lista de clientes. Otávio, que era o supervisor da área, sentou com Joaquim, e perguntou se ele tinha um modelo de cartão de visitas.

_ Eu nunca usei cartão de visitas, meus clientes lembrar de mim, andar um esse pedaço de papel é perda te tempo.

_ Tudo bem, Sr. Joaquim, mas é importante você ter.

Como havia conseguido visitas já pra próxima semana, Joaquim pegou os cartões de seu antecessor que estavam na mesa, só corrigiu nome e telefone, e foi para as visitas.

Uma semana depois, ainda não havia conseguido nada, e começou a se questionar, logo ele, um vendedor nato, ficou uma semana sem conseguir vender nada.

Ligou para um amigo que conhecia seu potencial, e vivia repetindo que sabia como fazer com ele crescesse e tinha dicas que poderiam ajuda-lo.

Marcaram num café, no Shopping, e Joaquim expôs para seu amigo Geraldo, toda sua dificuldade em converter vendas após suas visitas, uma vez que não recebia retorno de seus contatos. Geraldo pediu para Joaquim mostrar seu cartão, que é sua apresentação.

_ Meu caro Geraldo, meu cartão é temporário, mas acredito que esse não seja um detalhe muito importante no contexto.

_ Você está muito enganado, meu Joaquim. Vamos analisar seu cartão.

E Geraldo começou a pontuar sobre o cartão de seu amigo e a influencia dele em seus contanto.

_ O Cartão de Visitas é a marca de sua primeira impressão, além de a forma mais eficiente de o cliente entrar em contato com você. Se ele não está legível, o quanto está limpo, sem amassados, a qualidade do papel, tudo isso influencia. Ele é seu comprovante de sua visita, e sua aparência conota o que você é.

A analise que fiz de seu cartão:

  • Primeiramente, não é SEU cartão. Você pegou de seu antecessor, e simplesmente riscou e colocou seu nome. Seria mais eficiente se tivesse anotado numa folha em branco e entregue ao cliente.

  • O verso do seu cartão está em branco. Se o seu contato recebeu cinco cartões hoje, ele colocar todos com o verso em branco para cima, seu cartão será apenas um pedaço de papel sobre a mesa, e ainda poderá ser utilizado como rascunho.

  • Você armazena ele diretamente no bolso, e ao ser retirado para entregar a seu contato, já está todo amassado, e até meio sujo por ter sido muito manuseado.

  • Você deve fazer um cartão seu, com nome e sobrenome, e com um cargo que não conote soberba. Já vi pessoa que trabalha com classes C e D, colocar no cartão que é CEO (Chief Execute Office em português Presidente) de sua empresa. Sem conhecimento específico, isso é apenas um amontoado de letras sem sentido.

  • Mantenha seus contatos atualizados. Se por algum motivo precisou de trocar de número de telefone ou de email, troque todos os cartões. Não é um gasto, ao contrário de que pensou, é investimento em sua imagem, no cuidado que mostra nos detalhes.

  • Preencha no verso de seu cartão, com sua logomarca e se possível, um QR Code, para quando estiver sob a mesa de costas, todos possam identificar o seu.

  • Tenha uma versão digital do seu cartão a disposição em seu celular, para ser enviado pelo aplicativo de mensagem após seu contato, pois perder o físico se perder, estará nos arquivos seus contatos.

E continuaram a conversa, com Geraldo dando mais dicas em relação ao cartão de seu amigo, e também sobre postura profissional, o como ele se comporta perante seus contatos. Dois dias depois, Geraldo recebe a ligação de Joaquim o agradecendo pelas dicas, que ele havia colocado em prática quase de forma imediata. E Geraldo, após finalizar a conversa, conclui:

_ Isso que te dei forma conselhos, se eu cobrasse, seria consultoria!

Os detalhes fazem diferença em sua carreira. Seu cartão de visitas é seu primeiro ato para conquistas pessoas e fazer Networking, além do seu marketing pessoal uma vez que a pessoa pode questionar se você é uma pessoa organizada. O cartão de visitas não irá acabar ele poderá sofrer transformação. Então, analise seu cartão, utilize essas dicas, e veja como suas vendas e negócios poderão mudar.

#cartãodevisita #cartão #visita #chancer #causa #tentar #fazer

Aponte a câmera

e veja nossos contatos

© 2017 GFalcão

Consutoria em TI. Todos os direitos reservados.

Uberaba/MG - Brasil

  • LinkedIn Gilvan
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon